Tags: blogosfera

Quanto custa a liberdade de um blogueiro?

Publicado em 17/12/2008 • Web, blog, Opinião, dinheiro10 comentários »

por Marcos Elias

Quanto custa a liberdade? A liberdade não tem preço. Como "blogueiro" há um bom tempo (não mais de 5 ou 4 anos, mas em internet há de se considerar um bom tempo), não há nada como a liberdade. Ter um blog só seu. Postar o que quiser, como quiser, calculando por você mesmo o que vai falar: você é seu chefe no que toca ao blog/site. Claro, sempre arcando com suas responsabilidades.

Para ter um blog "livre" alguns cuidados e escolhas são necessários. A maioria deles você pode aprender na prática: se errar, pode ter pequenas dores de cabeça, mas será possível voltar atrás. A coisa complica se tiver contratos assinados ou de valor legal com outras partes (não considere o clique num botão "Aceito" algo de valor legal, pois nenhuma das duas partes teriam como provar efetivamente o conteúdo do "contrato" na época em que foi aceito; seria sua palavra contra a da outra parte, por maior que seja a corporação).

Antes de tudo, evite serviços gratuitos. Mesmo em hospedagem paga, tenha backup e tal... e toda a coisa técnica (que não cabe falar aqui agora, seria muita repetição). Em outras palavras, tenha o seu blog "com você", aonde você for. Se precisar trocar de empresa por qualquer motivo, certifique-se de que não perderá posts, artigos, imagens, e possivelmente visitantes (incluindo ranking em mecanismos de busca e links em sites externos).

Parcerias com sites: pode ser bom ou não, depende do teor, do tamanho, do tipo de parceria, de vários fatores. Cada caso é um caso. Todavia, fique atento para não se queimar, ao mesmo tempo não force a barra. Geralmente blogueiros menores sofrem por não conseguir parceiros grandes, não insista nem faça SPAM. Em um outro texto comentei sobre um reconhecimento natural, que mais cedo ou mais tarde quem merece acaba conseguindo (a menos que existam várias teorias da conspiração contra).

Entre as parcerias, vale ficar atento às limitações. Alguns sites de médio e grande porte fazem parcerias com portais grandes (ou enooormes, como iG, Terra, UOL, Pop, etc). Essas parcerias são boas? Eu não acho. Geralmente o conteúdo editorial do site pode ficar "vetado", literalmente censurado. Por exemplo, tendo uma barra do UOL no topo do blog, dificilmente deixariam você comentar do preço de domínios no iG Empresas, como fiz neste texto sobre o aumento do dólar refletido nos preços das anuidades dos domínios .com.

Uma barra dessas tira a liberdade, e para muitos visitantes novos passa a idéia de que seu blog "é" do portal, ou que você é funcionário do mesmo. Esse tipo de parceria eu evitaria ao máximo, e se fosse fazer, deveria ter total liberdade editorial declarada, exatamente como antes da parceria, caso contrário... Fora!

Essas barras também podem trazer um outro inconveniente. Como há muitos sites de conteúdo parceiros de portais distintos, é natural que uma hora ou outra você veja algo e queira fazer referência no seu site, mas fique impedido. Por exemplo, supomos que eu tenha a barra do UOL. Com isso não posso linkar uma notícia, por mais útil que seja, no Terra, ou no Ig... Num caso extremo, não poderia linkar nem em um site que não seja do portal, mas num parceiro do portal que tenha a tal barra (ou banners) lá. Liberdade sempre! Essas parcerias com proteção de conteúdo, fidelidade, etc, são altamente prejudiciais para a liberdade de expressão, para o livre manifesto de idéias na rede.

Falando em termos financeiros, uma parceria desse tipo pode ser agradável a curto-médio prazo, mas a longo não acho não. Seu site pode crescer (assim como pode cair), e a parceria pode chegar num ponto que limita o crescimento, impedindo você de atingir algumas áreas. Nessas horas vem o contrato assinado: o que fazer? E se precisar cancelar? Leia bem antes de aceitar algo.

Quem tem parcerias do tipo pode estar até me criticando ao ler isso, dizendo que é bom, que ganha reconhecimento no portal, que atinge pessoas que nunca atingiriam, etc... Não deixa de ser verdade, tem seu lado bom. Em linhas gerais, acho que não compensa para o site, esta é uma visão um tanto quanto pessoal como prática, observando sites com essas parcerias que foram ou são prejudicados - mesmo que não falem nada em público sobre.

Outra coisa a evitar é parceria com empresas de hospedagem, onde fornecem os servidores em troca de publicidade. Em quase todas as parcerias do tipo, você não poderá citar ou linkar outros serviços concorrentes.

Um grande site de idéias fechadas que não pode citar concorrentes seria como a TV Globo: quase todo mundo vê (quando tem algo aproveitável ou mesmo que não seja, mas que faça a cabeça das pessoas), mas todo mundo odeia ou tem algo contra. Humoristas da Globo geralmente não podem ter liberdade de imitar um Sílvio Santos, um Ratinho ou um Sérgio Mallandro por exemplo. Isso não é vida. Antes de tudo, as pessoas foram feitas para viverem!

Pense bem antes de tomar atitudes que possam interferir na sua liberdade, na sua vida, no seu blog. Não se venda por um linkezinho num grande portal em troca da sua liberdade.

Tema Google Chrome para Wordpress

por Marcos Elias

Navegando no site oficial de temas para Wordpress achei um que me chamou a atenção, não só pela sua simplicidade, mas por ser baseado no navegador que ando usando como padrão: o Chrome.

Veja:

O tema Google Chrome para Wordpress pode ser baixado em:

http://ericulous.com/2008/09/09/wp-theme-google-chrome/

Preview real:

http://wp-themes.com/googlechrome