Windows 7 usará CPU para processar DirectX/Direct3D, sem requerer aceleradora gráfica dedicada

Publicado em 30/11/2008 • geek, Windows, Notícia, Windows 74 comentários »

por Marcos Elias, publicado também no GdH

Uma notícia interessante para usuários de micros com Windows com poucos recursos gráficos: a Microsoft falou que o Windows 7 usará o processador principal (CPU) para executar código do DirectX 10.

Em tempos em que as GPUs ganham cada vez mais poder de fogo e até podem processar dados paralelamente com as CPUs, a notícia pode parecer estranha, mas na prática não é. Muita gente compra computadores sem uma placa de vídeo dedicada, tendo uma placa onboard que oferece recursos 3D. A MS pretende tornar o uso da CPU em alguns sistemas relativamente rápidos para obter desempenho melhor do que com a placa gráfica onboard.

O WARP 10 (Windows Advanced Rasterization Platform) precisará de um processador com pelo menos 800 MHz com 512 MB de RAM, os mesmos requisitos mínimos do Vista. Não é necessário que o processador suporte MMX ou SSE, mas claro que suportando esses recursos será bem melhor - praticamente todos os processadores atuais e mesmo de vários anos atrás suportam. Um processador dual core (ou com mais núcleos) então se beneficia mais ainda. O sistema será compatível com todos os recursos do Direct3D 10 e 10.1, incluindo sistemas avançados de anti-aliasing, filtros e texturas.

Quem quer mais desempenho poderá, é claro, optar por uma controladora gráfica dedicada, que às vezes pode custar mais do que o conjunto básico do PC. A solução da MS na próxima versão do Windows ajudará diversas pessoas que não compram placa gráfica dedicada, seja por desinformação ou por falta de dinheiro.

Em testes, rodando o Crysis a 800x600 com a qualidade mais baixa, um processador Core i7 proporcionou uma taxa de 7,36 FPS (quadros por segundo), enquanto que usando a controladora integrada da Intel com suporte a DirectX 10, o jogo na mesma configuração ficou a 5,17 FPS. É um avanço que parece pequeno, mas há de se considerar que o jogo em questão é um dos mais parrudos e exigentes. Em outras aplicações (ou mesmo para o Aero, com as transparências e sombras da interface do Windows) e jogos medianos as coisas devem ficar melhores. Isso leva a interface enfeitada do Windows para praticamente todos os computadores e notebooks.

É claro que nada dispensa o uso da placa de vídeo em si. A novidade será usada para o processamento das instruções do DirectX/Direct3D, API de programação gráfica largamente usada para Windows. O sistema entregará as imagens prontas ou semi prontas para a placa de vídeo, que então fará a simples tarefa de enviá-las ao monitor.

Referência: custompc.co.uk

Veja mais no site da Microsoft:

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/dd285359.aspx


MAIS DICAS E TUTORIAIS!
Acesse as dicas mais recentes no Explorando.com.br :).


Dicas de inglês



Aviso: Os comentários são postados pelos visitantes do site, e não expressam a opinião da produção. Eventuais comentários indesejados, ofensivos ou que firam nossas políticas ou interesses de alguma forma poderão ser removidos sem aviso prévio. Ao comentar, seu IP ser[a gravado em log, assim como em praticamente todo blog. Evite comentários inúteis.
COMENTÁRIOS DESATIVADOS: A partir de abril de 2011 os comentários nesta seção antiga do site foram desativados, porque estava vindo muito SPAM automático. Para dúvidas ou novos comentários sobre algo que você não entendeu, poste no fórum que tanto a equipe como outros visitantes poderão lhe ajudar.

4 comentários

Comentário de: eug [Visitante] Email
A controladora intel on-board da minha MoBo gigabyte roda o compiz numa boa!

Sabendo fazer direito não precisa uma placa de vídeo de 700 dólares para rodar a porcaria do aero!
30.11.08 @ 16:09
Comentário de: Marcos Elias [Visitante] Email · http://www.explorando.com.br
Concordo, eug, mas além do Aero tem vários jogos que não funcionam, visto que as placas básicas ou não suportam o DirectX corretamente ou apresentam um desempenho baixo. A idéia é usar a CPU para ajudar na tarefa, oferecendo desempenho um pouco melhor do que o da controladora.
30.11.08 @ 19:23
Comentário de: eug [Visitante] Email
O problema com o inVista, não é se a placa de vídeo é espetada ou on-board.
O principal problema para o inVista ser mortalmente lento é que ele está entupido de DRM.

Texto que explica isso direitinho:
http://www.cs.auckland.ac.nz/~pgut001/pubs/vista_cost.html

E eu duvido que o Windows SevenBoys vá corrigir isto, já que ele não é um Windows novo, apenas um SP2 ou SP3 do inVista...
30.11.08 @ 22:16
Comentário de: paulo [Visitante]
muito util para nos novos usuarios
26.02.10 @ 19:56