O que fazer quando os acentos nas páginas não funcionam

Publicado em 28/07/2008 • Web, blog, webmaster, Wordpress2 comentários »

por Marcos Elias

Era normal com quem mexia com sites (e ainda é), agora é comum ver isso com quem mexe com blogs, especialmente editando os arquivos de temas, como do Wordpress.

A questão é que... Dependendo da codificação usada no arquivo, ela pode ser incompatível com os acentos da língua portuguesa (assim como outros caracteres de outras línguas), visto que no inglês não tem acentos. Então não se pode colocar acentos nos arquivos, por exemplo nos temas do Wordpress. Em vez dos acentos, deve-se inserir o código HTML correspondente - sim, cada letra acentuada tem um código.

O formato UNICODE suporta os acentos e uma infinidade de caracteres, mas nem todos os editores oferecem suporte corretamente. Acentuar diretamente na página pode fazer com que ela não seja exibida corretamente se uma tag META informando a codificação usada não for definida na página (falo disso brevemente no final do artigo). Geralmente nos erros de codificação, os acentos serão trocados por caracteres nada a ver, risquinhos, quadradinhos ou caracteteres que lembram idiomas orientais, como japonês, chinês, etc.

Ao editar texto em páginas da web, muitas vezes há a devida conversão ou reconhecimento - por exemplo, ao postar um artigo no Wordpress ou no Blogger, você pode digitar diretamente com acentos. Mas ao editar um tema para Wordpress, se incluir os acentos, pode ser que na exibição eles fiquem zuados.

Em vez de colocar os acentos, coloque os códigos das letras acentuadas. Há uma tabela aqui:

Letras acentuadas:
http://www.mephost.com/br/dica001_caracteresesp.html

Alguns caracteres especiais:
http://www.mephost.com/br/caracteres.htm

Por exemplo, em vez de colocar á, se coloca á. Em vez de é, é. Não estranhe, mas as palavras ficariam assim:

- Comentários
- Experiência
- Almoço

Sendo exibidas corretamente no navegador.

Na tabela você pode pegar os códigos para os outros caracteres, e ver como eles se formam (para as letras acentuadas, basta decorar um modelo e trocar a letra que será usada). Alguns editores de HTML visual (como Dreamweaver) convertem automaticamente os caracteres digitados para o código correspondente, mas outros não. Se usar um editor de textos puro, deverá fazer isso manualmente.

O Mep Texto pode substituir todos os acentos por caracteres acentuados indo ao menu "HTML > Converter acentos em código HTML" (só tem um bug ainda não corrigido, ao converter o acento circunflexo no "e", fica faltando o ponto-e-vírgula final).

Todavia, você pode usar acentos se configurar as páginas para usarem a codificação ISO-8859-1, adicionando isso no header, cabeçalho (entre <HEAD> e </HEAD>):

<META HTTP-EQUIV="Content-Type" CONTENT="text/html; charset=ISO-8859-1">

Em algumas páginas estáticas, isso não produzia efeito comigo (e para os clientes, usuários, não seria agradável ficar escolhendo a codificação manualmente no navegador). Adicionando essas entradas no arquivo .htaccess (no caso de um servidor Apache no Linux), funcionou corretamente:

AddType 'text/html; charset=ISO-8859-1' html
AddType 'text/html; charset=ISO-8859-1' htm

No entanto, modificar o .htaccess e o cabeçalho do tema do Wordpress é bobeira, já que o Wordpress é desenvolvido em unicode, tendo em vista plugins e recursos em Unicode. Nas configurações do Wordpress pode-se escolher outra codificação, mas é bom usar o Unicode, tomando o cuidado ao editar os temas, preferindo usar os caracteres especiais. Estas duas últimas dicas (de adicionar as entradas no .htaccess ou no <HEAD> da página) são melhores para páginas estáticas..

E para finalizar... Se você está no lado de um usuário, vendo um site com os acentos zuados, nada pode fazer para corrigi-lo no site. Mas pode (pelo menos, tentar) ajustar a codificação no seu programa cliente. Se abrir um site com caracteres problemáticos, experimente usar a detecção automática de codificação, ou então Ocidental (ISO-8859-1) ou Unicode. No Firefox ou no Internet Explorer, pode-se fazer isso pelo menu "Exibir > Codificação".

Note que alguns caracteres unicode não são suportados por alguns sistemas operacionais (incluindo versões antigas de Windows e o Windows XP, em alguns casos), e outros dependem da existência de fontes de outros idiomas instaladas no seu computador.


MAIS DICAS E TUTORIAIS!
Acesse as dicas mais recentes no Explorando.com.br :).


Dicas de inglês



Aviso: Os comentários são postados pelos visitantes do site, e não expressam a opinião da produção. Eventuais comentários indesejados, ofensivos ou que firam nossas políticas ou interesses de alguma forma poderão ser removidos sem aviso prévio. Ao comentar, seu IP ser[a gravado em log, assim como em praticamente todo blog. Evite comentários inúteis.
COMENTÁRIOS DESATIVADOS: A partir de abril de 2011 os comentários nesta seção antiga do site foram desativados, porque estava vindo muito SPAM automático. Para dúvidas ou novos comentários sobre algo que você não entendeu, poste no fórum que tanto a equipe como outros visitantes poderão lhe ajudar.

2 comentários

Comentário de: wellington [Visitante] · http://www.wellingtondemelo.com.br
Valeu pela dica!!!
24.01.09 @ 12:00
Comentário de: André Lucas [Visitante]
Muito obrigado pela dica. Ajudou pacas. :D
12.04.10 @ 11:11